mantenha sua mente aberta menr.png

  RECOMENDADO 

 PARA +16 ANOS  

Crônicas Modernas - VOCÊ JÁ PENSOU EM SER GENTE?

Sobre mudar de país.. e de vida.

É incrível como as coisas mudam tão rápido, faz pouco mais de um ano, eu estava sozinha na praia no Rio de Janeiro imaginando como seria minha vida fora do Brasil. Que aventuras me aguardariam e que chances eu teria vivendo em um lugar diferente, tentando sair de uma pindaíba que parecia nunca ter fim.


Hoje estou planejando minhas férias e minha descida triunfal no Santos Dumont, como turista numa terra que só é boa pra que é turista mesmo.

Quem é carioca sabe, a casca grossa vem desde cedo pra aguentar todo tipo de mendigação que passamos a vida inteira. Mendiga por educação, mendiga por saúde, mendiga por emprego. Não só o carioca, mas no Brasil, em geral, a nossa sobrevida é pedir esmolas de uma amostra do que seria uma existência digna.

Com muito esforço e muita sorte, alguns de nós conseguem o privilégio de sonhar e almejar vidas maiores e mais prósperas. Seja com empregos melhores, oportunidades de fazer coisas melhores com nossas vidas ou simplesmente um pouquinho de dignidade.


Sair do Brasil foi um divisor de águas na minha percepção do que é de fato ter uma vida de qualidade. Quando eu vivi nos Estados Unidos, eu vi o que era uma vida de luxo, e no Brasil uma vida de lixo, mas, o que era ter uma vida?


Aqui na Colômbia, mais precisamente em Medellín, a cidade onde vim parar, é um mundo paralelo onde as coisas são um pouco mais devagar, as pessoas trabalham sem pressa, e existem cavalos perambulando em ruas asfaltadas entre condomínios de luxo. Aqui o mundo se mescla num ritmo que parece de interior, mas vibra e pulsa com a poluição e a tecnologia capitalista, ainda que nos permita parar para perceber viver é muito mais do que o pasar sufoco.

Não se deixe enganar, estou falando de qualidade de vida, porém ainda é 2020, as pessoas aqui trabalham como loucas, o capital é o centro de tudo, há muita gente esnobe e uma enorme desigualdade social. Mas existe algo que no Brasil se fala a todo tempo, mas o povo sabe que é lenda: oportunidade.

Tem tanto emprego que tem slogan: Empleo, si hay!


Um quilo de cenouras custa 90 centavos e um quilo de batatas pouco mais de um real, isso já convertendo para a moeda colombiana que é mais valorizada do que a brasileira.

O aluguel de um studio com todas as contas inclusas, num prédio chique num bairro nobre sai por pouco mais de mil reais. Um apartamento do mesmo tamanho num bairro de classe média sai por 400. Uma pessoa com ensino fundamental, ou tecnólogo, que fale dois idiomas consegue facilmente um emprego para ganhar no mínimo 1.500. Quando coloca iso na ponta do lápis, somado com um metro que custa menos de 3, o resultado não é um ímpeto de suicídio mas sim uma sensação estranha de que está tudo bem. Sempre pode melhorar, mas aqui é possível respirar aliviada de uma maneira que eu nunca senti no Brasil, afinal eu nunca vivi sem ter uma dívida ou sem estar faltando muito para ter o necessário.



Neste exato momento, não é uma questão de conforto nem coisas caras, nem supérfluos, pois em quase um ano vivendo aqui, comprei pouco mais de três peças de roupas novas.


O fato é. Demorou muito e precisei passar por diversos obstáculos, mas hoje posso dizer que sair do Brasil fez eu parar de me desesperar e achar que o pior pudesse acontecer a qualquer momento. Eu sei que eu não teria aprendido isso vivendo lá.

Aos poucos eu estou desenvolvendo a capacidade de aceitar que as coisas podem dar certo sim, e que é possível ter algo além de preocupações nesta vida.

E foi então que um dia desses me peguei falando para mim no espelho: logo você que nunca nem pensou em ser gente!





#reconhecimento #evolução #cresimento #crescimentopessoal #autoimagem #gente #serhumano #amorproprio #vidanoexterior #brasileirosnacolombia #saidobrasil #foradopais #vidanagringa



0 visualização
Botão Pagin Inical
Botao Críticas Peladas
Botão Crônicas Modernas
Botão Poesias Cruas
Botão Artes Nuas
Botão Biombo
Botão Vitrine

 ONDE AS PALAVRAS NÃO TÊM PUDOR. 

 O SEU PORTAL DE LITERATURA E ARTE! 

LOGOsocabeça.png